terça-feira, 26 de abril de 2011

Mensagens de Sabedoria.

Amar ao Próximo

"A vida é uma maravilha para todos aqueles que sabem viver e conhecem o verdadeiro pulsar da vida eterna que jamais se acaba."


Depende de você

"Ninguém tem a

felicidade garantida.

A vida simplesmente dá a cada

pessoa tempo e espaço.

Depende de você

enchê-los de alegria."


O Amor

Seguindo o Amor

Quando o amor acenar, siga-o ainda que por caminhos
á speros e íngremes.

E quando suas asas o envolverem, renda-se a ele.
Ainda que a lâmina escondida sob suas asas possa feri-lo.

E quando ele falar a você, acredite no que ele diz,
Ainda que sua voz possa destroçar seus sonhos,
Assim como o vento norte devasta o jardim.

Pois, se o amor coroa, ele também o crucifica.
Se o ajuda a crescer, também o diminui.

Se o faz subir às alturas e acaricia seus ramos
mais tenros que tremem ao sol, também o
faz descer às raízes e abala sua ligação com a terra.

Como os feixes de trigo, ele o mantém íntegro.
Debulha-o até deixá-lo nu.

Transforma-o, livrando-o de sua palha.
Tritura-o, até torná-lo branco.
Amassa-o, até deixá-lo macio e, então, submeta-o ao fogo
para que se transforme em pão, no banquete sagrado de Deus.

Todas essas coisas pode o amor fazer para que você
conheça os segredos de seu coração e, com esse
conhecimento, se torne um fragmento do coração da VIDA


Com o tempo...

Com o tempo...
Você aprende que estar com alguém
só porque esse alguém lhe oferece um bom futuro,
significa que mais cedo ou mais tarde você irá
querer voltar ao passado...

Com o tempo...
Você se dará conta que casar só porque “está sozinho(a)”,
é uma clara advertência de que
o seu matrimônio será um fracasso...

Com o tempo...
Você compreende que só quem é capaz de lhe amar
com os seus defeitos, sem pretender mudar-lhe,
é que pode lhe dar toda a felicidade que deseja...

Com o tempo...
Você se dará conta de que se você está ao lado
de uma pessoa só para não ficar sozinho(a),
com certeza uma hora você vai desejar não voltar a vê-la...

Com o tempo...
Você se dará conta de que os amigos verdadeiros
valem mais do que qualquer montante de dinheiro...

Com o tempo...
Você entende que os verdadeiros amigos se contam nos dedos,
e que aquele que não luta para os ter,
mais cedo ou mais tarde se verá rodeado
unicamente de amizades falsas...

Com o tempo...
Você aprende que as palavras ditas num momento de raiva,
podem continuar a magoar a quem você disse,
durante toda a vida...

Com o tempo...
Você aprende que desculpar todos o fazem,
mas perdoar, só as almas grandes o conseguem...

Com o tempo...
Você compreende que se você feriu muito um amigo,
provavelmente a amizade jamais será a mesma...

Com o tempo...
Você se dá conta de que cada experiência vivida
com cada pessoa, é irrepetível...

Com o tempo...
Você se dá conta de que aquele que
humilha ou despreza um ser humano,
mais cedo ou mais tarde sofrerá as mesmas humilhações e desprezos,
só que multiplicados...

Com o tempo...
Você aprende a construir todos os seus caminhos hoje,
porque o terreno de amanhã
é demasiado incerto para fazer planos...

Com o tempo...
Você compreende que apressar as coisas
ou forçá-las para que aconteçam,
fará com que no final não sejam como você esperava...

Com o tempo...
Você se dará conta de que, na realidade,
o melhor não era o futuro,
mas sim o momento que estava vivendo naquele instante...

Com o tempo...
Você aprende que tentar perdoar ou pedir perdão,
dizer que ama, dizer que sente falta,
dizer que precisa, dizer que quer ser amigo...
...junto de um caixão...
...deixa de fazer sentido...

Por isso, recorde sempre estas palavras:
“O homem torna-se velho muito rápido e sábio demasiado tarde”.
Exatamente quando:
“JÁ NÃO HÁ TEMPO!”


A liberdade


A liberdade está em vós. Não onde a buscais, mas em vosso verdadeiro Eu. Porque é ele que transcende o tempo e o espaço, e vos pode levar aonde quiserdes ir.

Assim, não estareis presos senão quando presos vos sentirdes. E as correntes terão o peso que a elas atribuirdes.

Pois, assim como não percebeis a prisão do corpo e da gravidade, a nada vos sentireis obrigados, se tudo fizerdes por vossa própria vontade e com amor.

Se, ao contrário, o fizerdes com revolta, pesadas serão as vossas correntes; e o seu peso findará por esmagar-vos.

Livre não é aquele que não tem obrigações, mas o que as cumpre com alegria. Como não é aquele que pode estar em todos os lugares, mas o que de lugar algum necessita.

Livre não é aquele que pode pegar o que quiser, mas o que pode dizer com sinceridade:- Sou feliz com o que tenho. E não é aquele que satisfaz todas as suas vontades, mas o que não se escraviza aos seus próprios desejos.

Eu vos digo que, se um homem ama a sua prisão, ele será livre em sua cela. Pois o que nele existe de mais verdadeiro não estará encerrado entre paredes, mas envolto no amor. E viajará com o vento, cantando as mais lindas canções e sentindo os mais doces perfumes.

E vos digo que aquele que não ama jamais será livre, ainda que todo o mundo lhe pertença. Porque estará encerrado na prisão do seu egoísmo, encarcerado na solidão de sua alma. E o seu Eu não ouvirá as canções, nem sentirá os perfumes.

Tudo isto, eu vos digo. Todavia, não posso esperar que me entendais.

Pois estais demasiadamente presos aos vossos conceitos, e assim não sois livres para encontrar as verdades


A Magia

Buscais a magia.
Como se fosse algo capaz de resolver todas as vossas dificuldades. Como se pessoas existissem que não estivessem sujeitas às regras do Universo.

Não vos ocorre que, se alguém pudesse manipular forças ocultas antes de, por dinheiro, oferecer os seus serviços, trataria de obter para si próprio o que lhe fostes pedir ?

Deixai-me rir da vossa ingenuidade.

Pois é sabido que apenas o Amor pode levar o homem a encher o prato de outrem, antes que esteja cheio o seu próprio prato. E, por certo, não vos ama aquele que vos cobra pela ajuda.

Guardai-vos, portanto, dos falsos magos; como o deveis fazer dos falsos profetas. Pois uns e outros não vos trarão senão esperanças passageiras e duradouras desilusões.

Não penseis, entretanto, que não exista a magia.
Quem assim pensa, jamais esteve enamorado. Pois o amor é a mais forte das magias, fazendo nascer um mundo novo para aquele em que toca as suas asas.

A magia existe. E está à vossa volta:
- na ave que se eleva aos céus, vencendo a gravidade
- na rosa, que surge do botão para espalhar a beleza
- na gotícula do sêmen, que se transforma em um novo ser
- nos sonhos, que vos visitam durante a noite
- na alternância entre o sol e a lua.
Sim; a magia vos cerca. E está também em vós; nos vossos sentimentos, nas vossas emoções e no mais simples dos vossos pensamentos. No verdadeiro Eu, que vos torna capazes de pensar e sentir.

Viveis entre a magia, na magia e da magia. Entretanto, à procura de coisas que vos pareçam miraculosas, não vedes os milagres que vos parecem coisas comuns. Mais uma vez os vossos olhos vos cegam, os ouvidos vos ensurdecem e a ânsia da busca não vos permite encontrar o que buscais.

Buscai, pois, a magia onde a encontrareis: na Natureza, em vós mesmos, em tudo o que vos possa ligar ao Coração do Universo.

Eu vos digo que a magia não se encontra ao alcance de vossas mãos, nem à vista de vossos olhos, nem sob o poder da vossa bolsa.
Mas em vosso verdadeiro Eu.


A Escolha

Em cada passagem por este mundo é breve o tempo da nossa permanência.

E cada instante, cada hora, cada dia que se vai, jamais retornará. Irá juntar-se aos muitos que se foram, reduzindo ainda mais o tempo de que dispomos.

Assim como a rosa, que dura apenas o necessário para abrir-se em flor, também o homem tem o tempo de que necessita para cumprir a sua missão.

E essa missão não é mais que o aprendizado; pois cada homem que caminha sobre a Terra caminha, na verdade, para alcançar o seu lugar no Universo.

Pois vos tenho visto a gastar a maior parte do vosso precioso tempo em esmiuçar o vosso sofrimento, quando deveríeis desfrutar das vossas alegrias.
Eis que vos afligis a chorar pelo que vos falta, e esqueceis de sorrir pelo que é vosso. E, assim fazendo, edificais um castelo de sofrimento, que a cada dia vos manterá mais prisioneiros de seus muros invisíveis.
Tendes olhos. A vós, cabe escolher o que vereis.
Pois, se olhardes para o chão, nada vereis além do barro. Se, entretanto, os levantardes para o céu, descobrireis a beleza das estrelas e o fascínio do Infinito.
É vossa a escolha.
Lembrai-vos, todavia, de que as trevas nada podem gerar, além da escuridão cada vez mais densa. E é a luz, dissipando as trevas, que vos pode mostrar o Caminho.
Buscai, pois, a alegria. É ela que vos permitirá ouvir a canção da Vida, e olhar para o amanhecer de cada novo dia como a promessa de algo maravilhoso em vossa estrada.

Deveis, sempre, fugir ao sofrimento. E não permitir que os momentos de amargura encontrem, em vosso coração, guarida mais prolongada que os instantes de felicidade.
É curto o tempo de cada estada.
E, se assim é, por que o desperdiçareis em sofrer, se podeis usá-lo para sorrir? Por que abrigar lembranças amargas, se dispondes também de doces lembranças?
Em vosso caminho encontrareis, todos os dias, a inquietude e a paz.
Cabe-vos escolher qual delas caminhará, por mais tempo, ao vosso lado.

Nenhum comentário: